EIEM 2015

Sessões plenárias

CONFERÊNCIA PLENÁRIA:

Aritmética, Álgebra, Funções e Representações Múltiplas Através do Currículo Escolar

Analúcia D. Schliemann

Tufts University, Medford, MA – Estados Unidos da América

 

Estudos recentes sobre o ensino e aprendizagem de álgebra a partir da escola elementar sugerem que as dificuldades de estudantes ao serem introduzidos à álgebra no ensino médio e secundário têm sua origem num currículo que enfatiza primeiro o ensino de aritmética e, só mais tarde, o ensino de álgebra.

Nesta palestra discutiremos uma abordagem para ensino de matemática com ênfase na compreensão de variáveis e funções e no uso de representações múltiplas (descrição verbal, linha numérica, tabelas de dados, gráficos de funções, notação algébrica etc.) e onde conceitos e representações algébricas são introduzidos desde a escola elementar, enriquecendo e aprofundando a compreensão da aritmética e preparando os estudantes para o estudo formal da álgebra. Exemplos de discussões entre estudantes e dados quantitativos sobre o impacto desta abordagem no ensino e aprendizagem de matemática ilustrarão esta abordagem e demonstrarão sua contribuição para uma compreensão mais rica e profunda da matemática.

Esta palestra baseia-se nos nossos estudos em sala de aula sobre álgebra na escola elementar (http://ase.tufts.edu/education/earlyalgebra/default.asp), desenvolvidos com David W. Carraher, Bárbara M. Brizuela e outros e no nosso projeto para desenvolvimento de professores do ensino médio (https://sites.tufts.edu/poincare/), com David W. Carraher, Montserrat Teixidor-i-Bigas e outros.


 

PAINEL PLENÁRIO:

De que nos serve “representar”?
Contributos sobre o papel das representações matemáticas no ensino e aprendizagem da Matemática

Moderação:
Susana Carreira
Universidade do Algarve e Unidade de Investigação do IE, Universidade de Lisboa

Intervenientes:
Alessandro Jacques Ribeiro, Universidade Federal do ABC (UFABC), Brasil
Ana Henriques, Instituto de Educação, Universidade de Lisboa
Paula Teixeira,
Sandra Nobre, Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira, Unidade de Investigação do Instituto de Educação, Universidade de Lisboa e Bolseira da FCT

 O painel plenário tem como objetivo discutir a temática das representações matemáticas no ensino e aprendizagem da Matemática. Alimentado pelas diferentes perspetivas apresentadas pelos intervenientes, pretende-se que o debate se desenvolva em torno de questões como:

  1. Fará sentido perguntar que tipos de representações matemáticas são mais úteis para responder a determinada questão ou resolver determinado problema?
  2. Como é que a tradução entre sistemas de representação pode promover a aprendizagem, sabendo que isso obriga a mudar sistematicamente de significados convencionados?
  3. Existe uma distinção entre o papel das representações matemáticas i) como um meio para exprimir (exteriorizar, comunicar) determinada ideia ou informação e ii) como um meio para o próprio indivíduo desenvolver uma estratégia ou uma forma de pensar?
  4. Como estão os recursos tecnológicos a “invadir” o espaço das representações matemáticas e como é que, em particular, as representações dinâmicas, visuais, e interativas convivem (melhor ou pior) com as representações estáticas, formais e tradicionais?
  5. Qual a importância de fomentar o uso de múltiplas representações externas na aprendizagem da Matemática?
  6. O que significa a representação matemática no campo da Geometria? E o que significará trabalhar em Geometria com o registo da Álgebra?
  7. Que vantagens e desvantagens em associar a representação matemática aos multi-significados dos conceitos quer para o conhecimento pedagógico do professor quer para fomentar a compreensão dos alunos?